Samsung Galaxy S10 pode ser desbloqueado com cópias de Impressões Digitais

#1

Uma das funcionalidades de destaque do modelo de smartphone principal da Samsung é a existência de um leitor de impressões digitais que funciona por baixo do ecrã, que é considerado um local mais prático do que a posição antiga do sensor na parte traseira do aparelho. A tecnologia que permite a leitura de uma impressão digital debaixo de um painel OLED usa ultra-sons para detetar o relevo e a textura existente nos dedos e autentica um utilizador se existir uma correspondência muito semelhante.

Recentemente um investigador usou uma impressora 3D para imprimir uma cópia da sua impressão digital e publicou um vídeo em que prova conseguir “enganar” o leitor de impressões digitais consistentemente. O vídeo está disponível em baixo :point_down: :point_down:

Notícia via kitguru.

1 Like

(Guilherme Borges) #2

Não seria a primeira vez que se faz algo do género…

2 Likes

(Miguel Silva) #3

Isso não é muito animador… Mais vale usar a tradicional senha então?

0 Likes

(Fred Fernandes) #4

isso na vida real não acontecia, quem é que ia deixar fazer um molde da cara…

0 Likes

(Guilherme Borges) #5

É sempre mais seguro, Miguel… :wink:

Mas convenhamos que, no dia-a-dia, quem é que se ia dar a este trabalho para entrar num telemóvel? Mais facilmente lhe agarravam no dedo e o obrigavam a desbloquear…

2 Likes

(Gonçalo Tomás) #6

Não é preciso tanto :joy:

Já há histórias de utilizadores do iPhone X em que os filhos conseguiam desbloquear o telemóvel apontando o mesmo à cara dos pais quando eles estavam distraídos :slight_smile:

Agora que penso nisso, não sei se haverá impedimento a um agente da autoridade que queira agarrar num iPhone e apontar à cara de alguém que esteja detido! Parece já haver alguma preocupação com esta questão.

3 Likes

(Gonçalo Tomás) #7

A razão pela qual eu uso um mecanismo de proteção num telemóvel – seja ele um código, uma palavra-passe, impressão digital ou mesmo o Face ID, é para ninguém ter acesso à informação que está no meu telemóvel, especialmente quando não estou perto do telefone. Isto é ainda mais importante em caso de roubo ou furto. :iphone:

No dia a dia, eu prefiro usar algo que seja mais prático e rápido de desbloquear! Acho que um PIN é mais lento comparado com um leitor de impressões digitais ou o Face ID. Mas também sejamos honestos: não há segurança perfeita em nenhum telemóvel. Há sempre formas de ganhar acesso e não nos podemos proteger contra algumas delas.

PS: Talvez não seja estritamente relacionado com esta conversa, mas falar na segurança do Face ID fez-me lembrar deste post do Troy Hunt (em inglês).

2 Likes